Leasing

LEASING DOMÉSTICO DE PRODUTOS IMPORTADOS

O LDPI – Leasing Doméstico de Produtos Importados é uma operação de Arrendamento Mercantil que permite às empresas adquirirem bens importados, conservando todas as vantagens de uma operação no mercado interno.

 

Nesta operação de financiamento de bens importados, o banco figura como encomendante das mercadorias a serem importadas e a Timbro como importadora.

 

A Timbro disponibiliza ao banco, e seu cliente arrendatário, uma estrutura de atendimento que administrará todo o processo de importação, desde a retirada dos bens no exterior, até a entrega no local designado pelo arrendatário, passando por todas as fases do processo.

PASSO A PASSO

1°) O cliente seleciona o bem que deseja adquirir do fornecedor no exterior e informa a Timbro as características e os detalhes do equipamento (modelo, preço, dimensões, etc.);

 

2°) Com as informações, a Timbro providencia uma planilha estimativa de custos. Esta contemplará todas as despesas logísticas, financeiras, impostos, etc., até a entrega do bem ao arrendatário;

 

3°) A instituição financeira, tendo aprovado o limite de crédito para o montante da operação – baseado no valor final constante na planilha, assina com seu cliente um contrato (ex: pré leasing);

 

4°) A instituição financeira envia para a Timbro o Pedido de Encomenda para importação do bem escolhido pelo cliente, a ser importado por sua encomenda (instituição financeira), iniciando-se a operação;

 

5°) A Timbro paga o exportador e providencia o transporte para o Brasil, e na sua chegada, realiza a nacionalização (pagamento dos impostos e despesas) e fatura para instituição financeira;

 

6°) A instituição financeira paga à Timbro o valor integral da nota fiscal.

 

7°) Com a nota fiscal emitida, a instituição financeira assina o contrato de leasing com o cliente;

 

8°) A Timbro entrega o bem no local designado pelo cliente / arrendatário;

 

Além disto, o cliente e a instituição financeira não precisam se preocupar com nenhum aspecto relacionado à importação e nacionalização do bem, tais como contratação de frete, seguro, desembaraço aduaneiro, sendo todas estas de responsabilidade da Timbro.

 

QUAIS AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS?

– Fluxo de caixa positivo – o arrendatário não precisará dispor de recursos em nenhuma fase da importação, sendo estes integralmente custeados pela Timbro (valor FOB, frete, seguros, despesas operacionais, impostos, etc.);

– Não há necessidade de obtenção de Radar pelo arrendatário;

– O arrendatário não figura como encomendante perante a Receita Federal, Banco Central e outros órgãos.

– Redução de custos do bem importado “ativo” considerando os ganhos de escala e expertise da Timbro.

– Alguns bens importados “ativos”, nesta modalidade de operação, possuem alíquotas de ICMS menores se importadas por uma trading, do que quando importadas diretamente pelo cliente, o que é possível através de convênios estaduais, somente aplicáveis quando as mercadorias são importadas neste modelo de operação.

– Todas as despesas e custos da importação, inclusive impostos, podem ser incorporados ao valor do financiamento.

– As parcelas de arrendamento (não inclui valor residual) são integralmente abatidas da base de cálculo do IR e CSLL para empresas optantes pelo lucro real.

– As parcelas podem ser fixas em REAIS, admitindo-se parcelas “balão” que funcionam muito bem para uma adequação de fluxo de caixa.

– Permite crédito de PIS/COFINS sobre o valor das parcelas, se a empresa estiver no regime de não-cumulatividade;

– Primeiro vencimento poderá ocorrer em 30 dias após a aceitação técnica do equipamento ou em até 180 dias, de acordo com as condições do banco financiador.

FLUXO OPERACIONAL

1. O BANCO LEASING aprova a operação e coloca um pedido à TIMBRO autorizando a importação dos bens. A TIMBRO por sua vez analisa os documentos e inicia o processo de importação;

 

2. A TIMBRO faz o pagamento e o fechamento de câmbio para o EXPORTADOR e adquire os bens, por encomenda do BANCO LEASING;

3. O EXPORTADOR vende os bens à TIMBRO;

 

4. A TIMBRO realiza a importação e a nacionalização dos bens e efetiva a venda exclusivamente ao BANCO LEASING;

 

5. O BANCO LEASING realiza o arrendamento mercantil dos bens ao CLIENTE FINAL;

 

6. A TIMBRO entrega os bens ao arrendatário.

leasing-fluxo